Ultrajando
Image default
Cinema Análises Críticas de filmes News

Crítica | Homem-Formiga e a Vespa vai muito além da comédia

 Homem-Formiga e a Vespa vai muito além da comédia na qual foi vendido até mesmo pelo seu diretor.

 Homem-Formiga é um herói muito interessante e que desde o primeiro filme, tem um tom de comédia(não que outros filmes da Marvel não tenham). Essa continuação do menor super herói da Marvel foi muito intrigante, pois todos queriam saber o que raios ele estava fazendo enquanto o mundo estava sendo atacado por Thanos e seus “lacaios”. Para ver o trailer CLIQUE AQUI.

Pois bem, eis que surge o filme. No começo, é mostrado todo o pós acontecimento dele em relação a Guerra Civil que acontece no último filme do Capitão América. Então, digamos que o personagem se encontra fora de ação e até perde o contato com Dr. Pym e Hope Van(pai e filha). Pra quem não se lembra, a roupa é desenvolvida pelo Dr Pym e ainda no primeiro filme é passada para Scott Lang.
homem-formiga e vespa em imagem oficial do longa

Nesse momento em que está fora de ação, Scott se une mais a filha e na cabeça dela, ele é o melhor herói do mundo. E claro, o pai quer que ela acredite.

Do outro lado, temos a Hope que nesse segundo filme já é apresentada como a Vespa e junto de seu  pai, descobre uma maneira de salvar sua mãe no reino quântico.

Sem mais lenga-lenga, o filme segue aquela fórmula Marvel. Você não verá algo TÃO diferente dos filmes que estão sendo apresentados. Porém, o que me deixa mais interessado pelo filme, é que ele em contra partida a Thor Ragnarok, não exagera no humor. Entre cada cena mais humorada, usa elementos coesos para tentar deixar tudo mais harmonioso.

A vilã do filme é a Fantasma. Esse eu já acho um ponto positivo da Marvel. Ela está trazendo ultimamente vilões com pontos de vista diferentes. Vou explicar: Vilões como o Thanos. Não estão aí pra causarem um caos por prazer. Eles tem e seguem uma ideologia. Você pode discutir tranquilamente se a pessoa está certa ou errada em fazer aquilo, mas ela tem um ponto de vista.

Alguns pontos deixam a desejar, como por exemplo a pouca exploração do mundo quântico. Acredito eu que todo mundo queria ver e entender muito mais dos seres que ali habitam. Isso ficou explicito pra muitas pessoas que assistiram comigo. Mas acredito eu que isso seja explorado com muito mais calma em futuras produções da Marvel. Outro ponto que senti falta, foi explorar mais a fantasma. Ela foi um tempo vilã, mas depois deixou de ser e ficou por isso mesmo. E pelo visto parece que nem será mais usado como vilã.

Um cara que ando observando é Walton Goggins. Ele faz alguns trabalhos excêntricos e a veia cômica dele é muito boa. Não sei porque, mas acho ele muito parecido com o Jim Carrey. Ele poderia até fazer alguns papéis que um dia foram do comediante.
Ator Goggins em homem formiga e a vespa.

O Homem-Formiga é um herói que faz muita coisa, mas que nem sempre pode fazer tudo o que quiser. Uma cena interessante é a transformação dele em gigante. Ele aguenta ficar daquele tamanho por algum tempo, mas isso tem consequências físicas. E esses limitadores são as grandes saídas para os heróis.
homem-formiga gigante no novo filme do herois

Pra finalizar nossa resenha, gostaria de ressaltar que é um bom filme pra assistir com a família. Piadas no tom certo e com uma ação digamos, “moderada”.

Eu não gostaria de dar uma nota alta, pois faltaram muitos elementos, principalmente de um filme de ação. Mas a minha opinião é que uma boa nota seria:

7.2

 

OBS: A cena pós crédito explica um pouco do que o Homem-Formiga estava fazendo na hora da guerra. E deixa um gancho interessante para sabermos o que será do Herói na parte 2 de Guerra Infinita.

 

 

Posts Relacionados